DIMICRON
x
Programa Construindo Plantas
O Programa Construindo Plantas (PCP) é uma tecnologia da Dimicron que tem como objetivo melhorar a eficiência de cada planta a partir da analise do vigor da semente. Com esse conhecimento a empresa pode orientar sobre a melhor forma de obter plantas mais eficientes, com a utilização do PCP em todas as fases do desenvolvimento.
x
SEMENTES DE VERDADE
LAS
x
Empresa
A cada safra bem-sucedida, aumenta a responsabilidade de soluções ainda mais eficientes. Esta é a DIMICRON QUÍMICA DO BRASIL LTDA – uma empresa que valoriza a parceria, porque conhece, respeita e compartilha os mesmos princípios de quem trabalha no campo.
Conheça os nossos produtos
Depoimentos Depoimentos
DIMINEWS DIMINEWS
Tecnologia na Estrada Eventos
Responsabilidade Social Responsabilidade Social

Fertiláqua expande portfólio com produtos que atuam na revitalização do solo e estimulo fisiológico para cana-de-açúcar

19 de maio de 2017.

A Fertiláqua, líder no segmento de nutrição e fisiologia de plantas, lança a linha Longevus que tem como objetivo principal auxiliar na revitalização do solo para o plantio de cana-de-açúcar, com produtos que atuam na melhoria da qualidade do solo e estimulam a fisiologia da planta, buscando ampliar o número de corte do canavial tratado, contribuindo para maior produtividade e longevidade.
 
 
 
A linha é composta por dois produtos: Longevus Planta, utilizado no plantio, aplicado no sulco, que além dos benefícios para o solo estimula a brotação de gemas; e Longevus Soca, aplicado na cana soca, que proporciona melhorias nas características físicas, químicas e biológicas do solo e estimula o desenvolvimento do sistema radicular.
 
 
 
Soluções que trabalham a revitalização do solo, como da Linha Longevus, já são trabalhadas pela Fertiláqua em outras culturas como soja, milho e HF, e auxiliam no manejo de revitalização de solos deteriorados, como por exemplo, compactação e salinização. Agora, a tecnologia também será disponibilizada para os produtores de cana-de-açúcar, com melhorias específicas para as demandas dessa cultura.
 
 
 
“Os produtos proporcionam maior atividade de microrganismos do solo, que reflete em um melhor aproveitamento dos nutrientes, maior aeração, descompactação e, consequentemente, maior retenção de água e ocupação do sistema radicular”, explica Renato Brega, diretor comercial de cana-de-açúcar da Fertiláqua.
 
 
 
A associação dos benefícios citados aos efeitos bioestimulantes para as gemas, raízes e parte aérea, bem como a suplementação nutricional, resultam em plantas mais sadias, com folhas mais largas e mais cana por metro linear, o que possibilita buscar uma maior produtividade, longevidade do canavial e melhora da qualidade no perfil do solo ao longo do tempo. “Em áreas de desenvolvimento e pesquisa, conseguimos notar um ganho de produtividade importante com o uso da linha Longevus, com um retorno de 10 toneladas por hectare a mais”, afirma o diretor.
 
 
 
​No Brasil, o rendimento médio dos canaviais está próximo a 80 toneladas por hectare. “Estamos com uma produtividade linear há muitos anos e temos como desafio aumentar este número junto com os produtores. Para isso, desenvolvemos em nossas fábricas diversos produtos e ferramentas que contribuem para essa evolução. Devemos melhorar as condições de solo, controlar pragas existentes, olhar para pontos positivos de outros cultivos e sair de um patamar que já é considerado bom para um maior, fértil e mais produtivo”, conclui.
 
 
 
Sobre o Grupo Fertiláqua
 
Um dos maiores grupos de nutrição, fisiologia de plantas e revitalização de solo, a empresa Fertiláqua atua por meio das marcas Aminoagro, Dimicron, Maximus, Longevus no segmento de cana-de-açúcar, e Golden Seeds para sementeiras e produtores de sementes. A companhia pertence ao fundo de investimento Aqua Capital. Com mais de 300 colaboradores e presença em todo o Brasil e no Paraguai, a empresa investe em pesquisa, tecnologia e inovação. A Fertiláqua conta com a sede administrativa em Indaiatuba/SP, fábricas em Cidade Ocidental/GO, Cruz Alta/RS e Cuiabá/MT, dois Laboratórios de Análise de Sementes (LAS) e um Centro de Inovação Tecnológica (CIT). O grupo disponibiliza uma iniciativa pioneira, o Programa Construindo Plantas (PCP), com ações específicas em cada fase das culturas, do plantio à colheita, para potencializar o desenvolvimento de plantas mais eficientes, e um solo com melhores qualidades físicas, químicas e biológicas, buscando com isso sistemas com maiores potenciais produtivos e consequentemente rentabilidade. Com o objetivo de reconhecer a qualidade das sementes de soja no mercado brasileiro, foi criado pelo grupo o selo Sementes de Verdade.  Mais informações no website: www.fertilaqua.com.

Todas as notícias

Dimicron

© 2015 Dimicron.
Todos os direitos reservados.

Site produzido pela Netface Facebook Twitter YouTube